Departamentos

Fala aê

Quem está online

Nós temos 19 visitantes online

Ja nos visitaram

554630
HojeHoje45
OntemOntem185
Esta SemanaEsta Semana657
Este MêsEste Mês1783
Rede CNN entrevista adventistas para série sobre longevidade
Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 
Seg, 02 de Março de 2015 14:07

 

 

Rede CNN entrevista adventistas para série sobre longevidade

 

 

 

CNN-entrevista-adventistas-para-serie-sobre-longevidade

 

A longevidade adventista chamou novamente a atenção da imprensa internacional. Desta vez, fieis da Igreja Adventista do Sul da Califórnia foram entrevistados pela rede de televisão CNN. O programa Vital Signs (Sinais Vitais), apresentado pelo médico Sanjay Gupta, correspondente da emissora, mostra durante todo o mês de fevereiro o que pode ser feito para se viver uma vida mais feliz e mais saudável.

 

A produção discute fatores que influenciam na longevidade, a exemplo de uma dieta baseada em vegetais, o exercício regular, descanso e relaxamento, bem como os relacionamentos. Outro aspecto destacado pelas fontes consultadas também é a importância de um sentido de missão, o que para os adventistas está intimamente ligado à fé em Deus e à esperança na volta de Jesus. Entre os entrevistados do programa estão Richard H. Hart, presidente da Loma Linda University Health, e Ellsworth Wareham, um médico centenário que chegou a ajudar em cirurgias mesmo depois dos 90 anos de idade. O programa ressalta o fato de a universidade adventista na região estar engajada em estudos de longa duração com o objetivo de investigar questões relacionadas com o envelhecimento e a longevidade.

 

Assita Aqui (em Inglês)

 

Ao falar sobre o estilo de vida adventista, o apresentador também menciona a importância da observância do sábado para a promoção da saúde. “É um momento de desligar, descontrair e compartilhar o tempo com outras pessoas da mesma fé”, analisa Sanjay Gupta.

 

Nos últimos anos, a comunidade adventista de Loma Linda, na Califórnia, vem atraindo os olhares de todo o mundo por ter uma população que vive até 10 anos a mais que a média. A região é uma das cinco “Blue Zones” do planeta – a única nos Estados Unidos -, localidades que concentram as populações mais longevas.

 

Para conferir o vídeo, clique aqui.

 

[Da redação / Com informações da Adventist Review]

 

 

 

Fonte: Rede CNN Leia na Íntegra)

 

 
Untitled Document